OUÇA A RÁDIO

É Isso Aí – Bolsonaro entrega PL a deputados propondo mudanças no CTB

Proposta foi duramente criticada pelo senador capixaba Fabiano Contarato

Redação Fatos & Notícias
Texto: Jorge Pacheco

E o senador Fabiano Contarato usou uma de suas redes sociais para criticar a proposta que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) apresentou à Câmara dos Deputados para afrouxar as regras de trânsito e aliviar a punição para motoristas infratores.
O senador é um novato no Congresso Nacional que vem demostrando muita disposição para cumprir, rigorosamente, seu primeiro mandato. Com muita honestidade, imediatamente afirmou. “Pessoas que observam e cumprem as leis não têm razão para apoiar” o projeto que tem gerado muita polêmica e diversas críticas.
“O Projeto de Lei proposto por Bolsonaro tira, por exemplo, a multa para os motoristas que transportarem crianças sem cadeirinha. Também modifica a pontuação para que um motorista infrator perca sua carteira de habilitação. Atualmente são 20 pontos, mas o presidente propôs aumentar para 40”.

Bolsonaro gerou grande polêmica com nova proposta (Foto: Wilson Dias/Agência Brasil)

O senador lembra que “somente o motorista que infringe a lei é punido e que pessoas que observam e cumprem as leis não têm razão para apoiar a flexibilização das regras porque isso está a favor de premiar os maus motoristas”, criticou Contarato em sua conta oficial no Twitter.
O senador ainda concluiu dizendo “o Estado já tem falhas na infraestrutura, educação de trânsito e fiscalização e agora “erra ao querer flexibilizar a punição aos infratores”.
E corajosamente ainda afirmou: “o Governo é ‘omisso’”. É Isso Aí senador! Mais adiante Contarato ainda chamou a atenção para a sensibilização com os parentes de pessoas que morreram em acidentes.
“Quem não sofreu perdas pode sensibilizar-se com a dor do outro e pensar que os custos do Estado com mortes, hospitais, reabilitação de feridos e outras despesas dos acidentes sairá do seu bolso. Quem paga é o contribuinte”, afirma.
Por último, Fabiano disse que o Brasil precisa acabar com a impunidade no trânsito já que é um dos países que lideram, no mundo, as estatísticas de acidentes e de mortes nas estradas e nas cidades.
Justificando sua proposta o presidente Jair Bolsonaro afirma “acreditar na população” e que menos leis é sinal que o povo está mais consciente dos seus deveres e ainda criticou a quantidade de leis existentes. “Quanto mais lei tem o país é sinal que ele não tá indo no caminho certo”, afirma.
Contorato ainda lembrou que “Um dos pontos que mais chama atenção no projeto de lei de Bolsonaro é a retirada da aplicação da multa aos motoristas que transportarem crianças sem cadeirinha. Além disso, o PL do presidente, acaba com a obrigação de exame toxicológico para motoristas profissionais. Caso o projeto seja aprovado, a carteira de habilitação também passará a valer por 10 anos, atualmente tem que ser renovada de cinco em cinco anos”.

“Quem não sofreu perdas pode sensibilizar-se com a dor do outro e pensar que os custos do Estado com mortes, hospitais, reabilitação de feridos e outras despesas dos acidentes sairá do seu bolso. Quem paga é o contribuinte”, afirmou Contarato

Fabiano utilizou uma de suas redes sociais para criticar a proposta de Bolsonaro (Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado)

Também modifica a pontuação para que um motorista infrator perca sua carteira de habilitação. Atualmente são 20 pontos, mas o presidente propôs aumentar para 40.
São mudanças sérias e que certamente causam polêmicas, principalmente por afetarem, antes de mais nada, princípios de costumes de uma grande parcela da população brasileira. Mas eu creio que o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) está precisando se adequar ao “novo” da tecnologia e do progresso. O presidente está certo em querer realizar as mudanças.
Tudo bem, mas tem que haver uma séria parceria. O governo está na obrigação de se empenhar em realizar obras urgentes, pois as rodovias que temos – de Norte a Sul do País – e não só as federais, também as estaduais e até as ruas e avenidas dos municípios, estão em péssimas condições, o que causam muitos prejuízos aos proprietários dos veículos.
Presidente Bolsonaro, lembrando um candidato a deputado federal: “Pior do que está não pode mesmo ficar! Então, vamos todos trabalhar para melhorar!

É Isso Aí
Jorge Rodrigues Pacheco
Advogado, Jornalista, Radialista e Analista Político
jorgepachecoindio@hotmail.com

Haroldo Cordeiro Filho

Haroldo Cordeiro Filho

Jornalista haroldojornalfatosenoticias .es@gmail.com
Luzimara Fernandes

Luzimara Fernandes

Jornalista redacaojornalfatosenoticias .es@gmail.com
Rafaela Rangel

Rafaela Rangel

Nutricionista CRN-ES 08100271-rafaelarangel. nutricionista@gmail.com
Jorge Pacheco

Jorge Pacheco

Advogado, Radialista e Jornalista redacaojornalfatosenoticias .es@gmail.com

Sobre nós

Nossa missão é informar de maneira isenta e independente e ser referência, no Estado, em conteúdo focado na responsabilidade social e ambiental.

Contatos

  • Vitória - ES - Brasil
  • (27) 3070-2951
  • jornalfatosenoticias.es@gmail.com

Clima

booked.net

© Copyright 2019 - 2021 - Jornal Fatos & Notícias.