OUÇA A RÁDIO

É Isso Aí — O clima esquentou no Planalto

Declarações de Bolsonaro geram preocupação no Planalto

Redação Fatos & Notícias
Texto: Jorge Pacheco

Pensem bem: Jair Bolsonaro (PSL) obteve 55,13% dos votos válidos, conquistando 57.796.986 votos. Não acham que em respeito a essa estupenda votação ele deveria ter outra postura? Infelizmente o que todos nós estamos presenciando não é isso.
Em reunião de emergência no Palácio do Planalto, na manhã de terça-feira (30), auxiliares, incluindo integrantes da ala militar do governo, avaliaram diminuir a exposição do presidente, pois monitoramento das redes sociais mostrou um crescimento de reações negativas.

Falas polêmicas do presidente deixam integrantes do Planalto preocupados (Foto: Adriano Machado/Reuters)

Lamentavelmente, enquanto ele provoca dando declarações desencontradas sobre a morte do pai do presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, na ditadura militar, põe em dúvida relato de indígenas acerca de ataques de garimpeiros no Amapá e evita lamentar o massacre em Altamira. Dessa forma, o governo perde a chance de divulgar pautas positivas, de acordo com integrantes desse grupo.
Mais outra: ainda na terça (30), Bolsonaro voltou a causar polêmica ao questionar a veracidade de documentos oficiais que apontam a morte de Fernando Santa Cruz, pai de Felipe, como vítima da ditadura. “A questão de 1964, não existem documentos se matou, não matou, isso aí é balela”, disse.
Uma das razões da reunião foi justamente tentar entender o que está por trás do comportamento de Bolsonaro. Muitos deles admitem que têm sido pegos de surpresa pelas declarações controversas do presidente.
Por tudo isso, o eminente jurista Miguel Reale Jr entrou em cena e disse que este não é mais caso de impeachment, mas, sim, de interdição!
Durante participação no programa “Esfera Pública”, da Rádio Guaíba, do Rio Grande do Sul, muito indignado o jurista defendeu: “Estamos realmente num quadro de insanidade, das mais absolutas. Não é mais caso de impeachment, mas caso de interdição”. Defendeu o jurista, que foi um dos autores do pedido de impeachment da presidente Dilma.
A declaração de Reale Jr indica que já se forma uma frente suprapartidária, que inclui PT, Psol, Rede, PCdoB e PSDB, para, segundo afirmam, tentar libertar o Brasil do neofascismo representado por Jair Bolsonaro.
Miguel Reale Jr, continua afirmando sobre as declarações do presidente, que disse saber como o desaparecido Fernando Santa Cruz – pai de Felipe Santa Cruz – foi assassinado. “É um fato gravíssimo”.
E Reale continuou: “Eu, há mais de ano, dizia que quem fosse democrata não deveria votar em Bolsonaro”, afirmou o jurista, que lembrou do discurso feito por Bolsonaro, como deputado, na votação do impeachment da presidente Dilma, em que homenageou Carlos Brilhante Ustra, torturador do regime de 1964.
Indignado Reale continuou, “Hoje o presidente da República se sentiu no direito de ofender a todos nós, não só os advogados, mas todos que prezam pelos direitos humanos, provocando o presidente da OAB”, repeliu ele, manifestando solidariedade ao presidente da Ordem.

Miguel Reale Jr (Foto: José Cruz/Agência Brasil)

Sinceramente, eu estou completamente decepcionado com essas atitudes do presidente. Revoltado, Felipe Santa Cruz diz que Bolsonaro é cruel e que debochou do assassinato do seu pai.
“Se o presidente da OAB quiser saber como o pai desapareceu no período militar, eu conto para ele”, disse Bolsonaro. Santa Cruz, que disse “estranhar tal comportamento em um homem que se diz cristão”, respondeu ao ataque de Bolsonaro.
“Como orgulhoso filho de Fernando Santa Cruz, quero inicialmente agradecer pelas manifestações de solidariedade que estou recebendo em razão das inqualificáveis declarações do presidente Jair Bolsonaro. O mandatário da República deixa patente seu desconhecimento sobre a diferença entre público e privado, demostrando, mais uma vez, traços de caráter graves em um governante: a crueldade e a falta de empatia. É de se estranhar tal comportamento em um homem que se diz cristão. Lamentavelmente, temos um presidente que trata a perda de um pai como se fosse assunto corriqueiro — e debocha do assassinato de um jovem aos 26 anos. Meu pai era da juventude católica de Pernambuco, funcionário público, casado, aluno de Direito. Minha avó acaba de falecer, aos 105 anos, sem saber como o filho foi assassinado. Se o presidente sabe, por “vivência”, tanto sobre o presente caso quanto com relação aos de todos os demais “desaparecidos”, nossas famílias querem saber. A respeito da defesa das prerrogativas da advocacia brasileira, nossa principal missão, asseguro que permaneceremos irredutíveis na garantia do sigilo da comunicação entre advogado e cliente. Garantia que é do cidadão, e não do advogado. Vale salientar que, no episódio citado na infeliz coletiva presidencial, apenas o celular de seu representante legal foi protegido. Jamais o do autor, sendo essa mais uma notícia falsa a se somar a tantas. O que realmente incomoda Bolsonaro é a defesa que fazemos da advocacia, dos direitos humanos, do meio ambiente, das minorias e de outros temas da cidadania que ele insiste em atacar”.

Moral dessa história: Quem nunca comeu ou bebeu melado, quando come ou bebe, se lambuza!

Felipe Santa Cruz presidente da OAB (Foto: Reprodução)

Amigos muito breve estarei com este meu BLOG ao vivo no Facebook, com o apoio do Fatos & Notícias

É Isso Aí
Jorge Rodrigues Pacheco
Advogado, Jornalista, Radialista e Analista Político
jorgepachecoindio@hotmail.com

Haroldo Cordeiro Filho

Haroldo Cordeiro Filho

Jornalista haroldojornalfatosenoticias .es@gmail.com
Luzimara Fernandes

Luzimara Fernandes

Jornalista redacaojornalfatosenoticias .es@gmail.com
Rafaela Rangel

Rafaela Rangel

Nutricionista CRN-ES 08100271-rafaelarangel. nutricionista@gmail.com
Jorge Pacheco

Jorge Pacheco

Advogado, Radialista e Jornalista redacaojornalfatosenoticias .es@gmail.com

Sobre nós

Nossa missão é informar de maneira isenta e independente e ser referência, no Estado, em conteúdo focado na responsabilidade social e ambiental.

Contatos

  • Vitória - ES - Brasil
  • (27) 3070-2951
  • jornalfatosenoticias.es@gmail.com

Clima

booked.net

© Copyright 2019 - 2021 - Jornal Fatos & Notícias.