OUÇA A RÁDIO

Fomento à cultura do cacau e da azeitona no Espírito Santo

Deputado Dary Pagung fala sobre criação de Frente para diversificação da agricultura do Espírito Santo

Redação Fatos & Notícias 

Texto: Haroldo Cordeiro Filho

Haroldo Cordeiro Filho e Dary Pagung (Foto: Ana Paula Santos)

Nascido em Vila Nova do Bananal, distrito de Baixo Guandu, onde ficou até os doze anos de idade, Dary Pagung, filho de pequeno produtor rural da região Noroeste do Estado, está em seu segundo mandato como deputado estadual pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB). Bem-humorado, alegre e descontraído, em ritmo mais de conversa do que propriamente de entrevista, o deputado falou à coluna Olhar de uma Lente, do jornal Fatos & Notícias, sobre alguns projetos que já se tornaram leis e outros em que vem se empenhando para torná-los realidade na vida do cidadão capixaba.
“Faço parte das comissões de Defesa do Consumidor e da Agricultura. Hoje nós fizemos uma Frente para diversificação da agricultura do Espírito Santo. Essa diversificação consiste em incentivar os produtores do Estado a não ficarem com monocultura, eles precisam diversificar nas suas terras. Estamos trabalhando muito forte nas regiões serranas, especificamente na região do Caparaó para o plantio de oliveiras de onde extraímos azeitonas, matéria-prima do azeite. Mas por que o plantio de oliveiras? Elas são plantadas em altitudes entre 800 a 1300 metros. A oliveira precisa de muito sol durante o dia e à noite ela precisa de frio, ou seja, 300 a 400 horas de frio por ano, para ela produzir…dar o fruto que é a azeitona. Já temos, na região serrana, 180 hectares plantados mas precisamos aumentar para trabalharmos a agroindústria. O município de Santa Teresa já doou um terreno, nós já estamos conseguindo uma emenda parlamentar do deputado federal Evair de Melo para a compra dos equipamentos dessa indústria e o Estado vai construir o prédio. Já estamos trabalhando, junto à prefeitura de Santa Teresa, um projeto de aproximadamente de R$ 700 mil para a estrutura física do prédio. Acredito que daqui a médio prazo teremos o azeite capixaba. Hoje, não consumimos o puro azeite. O mercado nacional hoje está aberto, o Brasil importa muito azeite de países com Portugal, Chile, Grécia, Espanha e o nosso cultivo está muito aquém, temos potencial para muito mais.
Na Serra da Mantiqueira, em São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro, já está sendo produzido azeite, assim como no Rio Grande do Sul. Temos agora que trabalhar o Espírito Santo, que é propício para o plantio de oliveiras. Essa frente é para isso, fomentar essa cultura no nosso Estado.
Estamos começando a trabalhar o cacau, precisamos incentivar esse plantio. Muitos produtores rurais e empresários já estão produzindo o fruto, por isso venho trabalhado forte no incentivo à agricultura, principalmente nessas duas culturas, azeitona e cacau.

O Espírito Santo é propício para o plantio de oliveiras (Foto: Carbono Uomo)

O deputado, que havia participado do primeiro dia do 10º Simpósio de Pesquisa dos Cafés do Brasil, disse que tem muita preocupação com o clima. “O Café precisa de muita água e a situação do clima hoje, não só no nosso Estado, mas no planeta, está em desiquilíbrio, chove muito em um certo lugar, depois passa muito tempo sem chover. Na nossa região Noroeste, em 2013, foi muita chuva localizada e, em 2015, a região sofreu com a seca. Com esse desiquilíbrio climático, a produção do café sofre drasticamente, por isso estão buscando água do lençol freático. Nossas áreas rurais precisam de chuva. Água é vida”, afirma.
“Estamos trabalhando também na agricultura familiar, buscando facilitar a vida do pequeno produtor rural, para que ele possa vender sua produção orgânica para a rede de ensino pública estadual (ensino médio). O Estado já colocou no orçamento, aproximadamente, R$ 14 milhões para a compra do pequeno produtor rural. O trabalho dessa Frente é para dar voz ao produtor da agricultura orgânica, ela não tem doença. É saudável!”, explica.
Sobre a comissão do direito do consumidor, o deputado citou um projeto de sua autoria que agora é lei, onde os cinemas do Estado são obrigados a higienizar os óculos 3D. “Tive essa preocupação porque havia muita contaminação e muitos casos de conjuntivite e outras doenças oculares aconteciam”. Outra lei importante foi que, na compra de um bem como um eletrodoméstico, por exemplo, a loja é obrigada a marcar a hora e a data para a entrega do produto adquirido. Outra lei muito importante de minha autoria é a isenção na taxa de inscrição de concurso público para pessoas que não são obrigadas a declarar Imposto de Renda.
Indagado sobre o atual Código do Consumidor, o deputado falou que, por ter quase trinta anos, “temos que estar sempre atentos à modernidades e, sempre que houver necessidade de atualização, como legisladores precisamos propor as devidas mudanças”.
Pagung disse ainda que o Espírito Santo é referência para as outras federações e que devemos continuar com essa postura empreendedora responsável nos campos sociais. O deputado, não quis falar se pretende concorrer à cadeira de prefeito de Baixo Guandu. “Estamos montando um time com vários partidos: PV, PDT, PC do B, do atual prefeito, Neto Barros, e outros que queiram fazer parte do projeto, incentivando alguns nomes a se colocarem à disposição do município. Mas essa decisão de ser ou não ser candidato ao cargo de prefeito de Baixo Guandu, vou deixar para o ano que vem”, finalizou.

Empresários já estão produzindo cacau (Foto: Mercado Livre)

Haroldo Cordeiro Filho
Jornalista – DRT 003818/2018
Microempresário e Coordenador-geral da ONG Educar para Crescer

Haroldo Cordeiro Filho

Haroldo Cordeiro Filho

Jornalista haroldojornalfatosenoticias .es@gmail.com
Luzimara Fernandes

Luzimara Fernandes

Jornalista redacaojornalfatosenoticias .es@gmail.com
Rafaela Rangel

Rafaela Rangel

Nutricionista CRN-ES 08100271-rafaelarangel. nutricionista@gmail.com
Jorge Pacheco

Jorge Pacheco

Advogado, Radialista e Jornalista redacaojornalfatosenoticias .es@gmail.com

Sobre nós

Nossa missão é informar de maneira isenta e independente e ser referência, no Estado, em conteúdo focado na responsabilidade social e ambiental.

Contatos

  • Vitória - ES - Brasil
  • (27) 3070-2951
  • jornalfatosenoticias.es@gmail.com

Clima

booked.net

© Copyright 2019 - 2021 - Jornal Fatos & Notícias.

Fabrício de Queiroz, motorista de Flávio Bolsonaro movimentou 1,2 milhão de reais. Muito suspeito, não?

Redação Fatos & Notícias