OUÇA A RÁDIO

Valorização da vida

O suicídio tem sido cada vez mais frequente em pessoas com menos de 29 anos, sendo a causa de mortes mais importante que o HIV, afetando mais de 12 mil pessoas por ano, no Brasil

Redação Fatos & Notícias 

Texto: Ana Lucia Bernardo Cordeiro 

O Setembro Amarelo é uma campanha de conscientização sobre a prevenção do suicídio (Foto: Reprodução internet)

Olá pessoal

O Setembro Amarelo é uma campanha de conscientização sobre a prevenção do suicídio. No Brasil, foi criado em 2015 pelo Centro de Valorização da Vida (CVV), Conselho Federal de Medicina (CFM) e Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), com a proposta de associar à cor ao mês que marca o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio (10 de setembro).
A ideia é pintar, iluminar e estampar o amarelo nas mais diversas resoluções, garantindo mais visibilidade à causa.
Vocês sabiam que o comportamento suicida normalmente surge como consequência de doenças psicológicas não tratadas, como depressão severa, síndrome do estresse pós-traumático ou esquizofrenia, por exemplo.
Eventos como estes têm sido cada vez mais frequentes em pessoas com menos de 29 anos, sendo a causa de mortes mais importante que o HIV, afetando mais de 12 mil pessoas por ano, no Brasil.
Se você perceber em alguém sinais como tristeza excessiva e falta de vontade para estar com outras pessoas; alteração repentina de humor; uso de roupas muito diferentes do habitual; demonstrar calma ou despreocupação depois de um período de grande tristeza ou depressão; fazer frequentes ameaças de suicídio, ele pode estar apresentando sinais de comportamento suicida.
Nesse momento, é muito importante a atenção de familiares e amigos aos sintomas apresentados e ajudar a pessoa a iniciar o tratamento adequado. Isto porque, na maioria dos casos, a pessoa já não é capaz de identificar outras soluções a crise emocional que está passando. Uma boa alternativa é ligar para o Centro de Valorização da Vida, discando o 188 ou procurar um especialista na área.
Quando suspeitarmos que alguém está com pensamentos suicidas, o mais importante é demonstrarmos amor, empatia e compaixão por essa pessoa. As tentativas de suicídio são, na maioria das vezes, impulsivas, por isso, para prevenir uma possível tentativa, é importante tirar todo o material que possa ser utilizado nesse intuito como armas (branca e de fogo) e remédios do alcance do potencial suicida.
Atitudes como estas podem fazer com que a pessoa repense o seu desejo e possa pensar em uma saída menos agressiva e radical para os problemas.
Lembre-se, ter fé é muito importante. Ame-se, ame a vida, ame ao próximo e verá que tudo na vida tem jeito!

Ana Lucia Bernardo Cordeiro
Professora

Haroldo Cordeiro Filho

Haroldo Cordeiro Filho

Jornalista haroldojornalfatosenoticias .es@gmail.com
Luzimara Fernandes

Luzimara Fernandes

Jornalista redacaojornalfatosenoticias .es@gmail.com
Rafaela Rangel

Rafaela Rangel

Nutricionista CRN-ES 08100271-rafaelarangel. nutricionista@gmail.com
Jorge Pacheco

Jorge Pacheco

Advogado, Radialista e Jornalista redacaojornalfatosenoticias .es@gmail.com

Sobre nós

Nossa missão é informar de maneira isenta e independente e ser referência, no Estado, em conteúdo focado na responsabilidade social e ambiental.

Contatos

  • Vitória - ES - Brasil
  • (27) 3070-2951
  • jornalfatosenoticias.es@gmail.com

Clima

booked.net

© Copyright 2019 - 2021 - Jornal Fatos & Notícias.

Fabrício de Queiroz, motorista de Flávio Bolsonaro movimentou 1,2 milhão de reais. Muito suspeito, não?

Redação Fatos & Notícias