Comportamento

O que é o amanhã?

Na minha concepção, o amanhã não existe. Pensamos no amanhã como uma convicção tão certa, que deixamos para trás o hoje, o agora… Nossos momentos na vida são únicos.
A vida é um círculo onde giramos e esquecemos do passado (nem tudo), planejamos o amanhã (?) e esquecemos de valorizar o presente.
Nos apegamos a pequenas coisas nocivas como ira, mágoa, egoísmo, a falta de solidariedade…
Ás vezes ficamos felizes em sermos sarcásticos, mal-humorados. O prazer de humilhar, de mostrar quem é o mandachuva nos ‘fortalece’, cresce, aumenta a cada ação irracional que temos.
Deixamos de nos desculpar. Afinal, isso é humilhante. Ajudar se torna um motivo para ter sempre o que jogar na cara.
Fazemos questão de mesquinharias. Ver alguém ‘pra baixo’, ao nosso olhar, é preguiça, falta do que fazer.
Gritamos aos quatro cantos do mundo que não precisamos de ninguém. Somos ‘autossuficientes’.
Fazemos questão de esquecer que viver em família é viver em uma comunidade em que todos colaboram, se ajudam mutuamente.
Quanto a mim, tento passar a todos o quanto são importantes, o quanto os respeito, claro que nem sempre faço isso da forma correta. Mas sou ser humano, cheia de falhas e acertos.
Ao longo da minha vida aprendi a amar e valorizar poucas horas com alguém e perceber que quem está sempre próximo, muitas vezes, não está presente.
Então, estou cultivando, em meu jardim, flores que quero levar comigo hoje, amanhã e pra sempre.
Flores feitas de carinho, de amor, de atenção, de paciência, de afeição e, acima de tudo, que também me acolha, me regue e jamais me esqueça!

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

EnglishPortugueseSpanish