Tecnologia

95% das cidades brasileiras já possuem telhados solares para produção de eletricidade

Em 2012, quase nenhum brasileiro saberia dizer o que é um painel fotovoltaico ou nem imaginar como essa tecnologia poderia trazer uma tão desejada economia nas altas contas de luz.
Hoje, nove anos depois da criação da geração distribuída, mais de 95% dos 5.568 municípios do Brasil já possuem pelo menos um consumidor equipado com um kit de energia solar.
De acordo com a Absolar, a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica, os sistemas de energia solar já se encontram presentes em mais de 5.300 cidades em todas as regiões do País.
Movidos unicamente pela luz do sol, os geradores encontraram terreno fértil em um país de clima tropical e com algumas das tarifas energéticas mais caras do mundo.
Assim, não demorou para que a tecnologia, que começou como item de luxo, logo conquistasse uma rápida popularização em todo o Brasil, da mesma forma como já ocorria em outros países.
Especialmente com a forte queda mundial nos preços dos equipamentos fotovoltaicos, que foi de 83% entre 2010 e 2018, conforme os dados da Bloomberg New Energy Finance (BNEF).
No Brasil, destaca-se também a grande oferta de linhas de financiamentos para a instalação de energia solar, as quais chegam a cobrir 100% do projeto. Isto é, equipamentos e instalação.
O resultado foi um crescimento exponencial no número de micros e minigeradores de energia solar fotovoltaica instalados no Brasil, e que segue em expansão.
De acordo com os dados da Aneel, a Agência Nacional de Energia Elétrica, o país possui hoje mais de 541 mil projetos fotovoltaicos conectados à rede.
Somente neste ano, já foram mais de 152 mil novos sistemas instalados por consumidores que deram um basta aos preços das distribuidoras e seus reajustes anuais.
Agora, com a já histórica crise hídrica puxando nova inflação nas contas de luz dos brasileiros, a tendência é que os painéis fotovoltaicos continuem sua expansão no País.
Segundo a estimativa do Governo Federal feita em seu Plano Decenal de Energia, até 2030 o Brasil poderá atingir três milhões de consumidores com geração própria de energia.

Fonte: The Greenest Post

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

EnglishPortugueseSpanish