Política

Fundão — A ponte caiu, e agora?

No início do ano, moradores da comunidade de Piranema, município de Fundão, fecharam a rodovia que liga Fundão Sede ao distrito de Praia Grande para pedir que a prefeitura consertasse a ponte, que caiu. Na ocasião, o prefeito Gilmar Borges prometeu à comunidade que resolveria o problema em 90 dias, mas o prazo venceu e nada foi feito.
A ponte que desabou numa cheia do rio Fundão em 2017, está provocando prejuízo para moradores, comerciantes e para as crianças que utilizam uma passagem perigosa para chegarem à escola. Procurada pela coluna, a prefeitura, por meio da assessoria de imprensa, informou que o prefeito recebeu, na segunda e terça-feira (18 e 19), alguns moradores da comunidade para esclarecer os questionamentos em relação à recuperação da ponte. Segundo a nota, o projeto executado pela administração passada foi de uma ponte de 10 metros, que aterrou o rio, que tem cerca de 20 metros de largura, e esse estreitamento foi o que provocou o desabamento da ponte e, consequentemente, causando transtorno e prejuízos para a comunidade.
O prefeito destacou ainda aos representantes que a Secretaria Municipal de Obras já está fazendo licitação de projeto para a colocação de uma nova ponte no local, com as dimensões corretas.

Haroldo Cordeiro

Haroldo Cordeiro

Jornalista – DRT: 0003818/ES Coordenador-geral da ONG Educar para Crescer

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

EnglishPortugueseSpanish