Educação

Universitária capixaba participa de Concurso Audiovisual da Andifes

Lara Santana, além de artista, mostra talento como produtora audiovisual

Texto: Mariana Rangel

A estudante da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), Lara Santana, participa do 1º Concurso Audiovisual da Associação Nacional das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes). Lançado com o tema “Universidade pública, gratuita e de qualidade: patrimônio do povo brasileiro”, o concurso tem o objetivo de abrir espaço para produção de conteúdos audiovisuais como cerne narrativo em defesa das universidades federais do País.
Oportunidade que Lara abraçou para propagar a Ufes por meio de uma narrativa para mostrar “o porquê” de estudar numa universidade federal.
Tendo a Ufes como referência, em seu produto, Lara retrata a importância de entrar numa universidade como um motivo para descobrir novas coisas, conviver com as diferenças, discordar, mas, principalmente, para aprender a lidar com as divergências e respeitar as opiniões contrárias. Para mostrar à sociedade no que acredita e o que faz a universidade ser a melhor opção. De estar presente pelas pessoas que lá estão e pelos valores que elas carregam, sendo algo que dinheiro nenhum pode comprar.
Diante da diversidade, Lara também conta que encontrou na universidade federal a liberdade de expressar suas opiniões, sem sofrer o preconceito por ser diferente, foi aceita em sua ‘diferença’ e observa que o diferencial está em cada um.
Isso é tão verdadeiro, que ela define o título de seu vídeo com a frase, “SOU O QUE SOU PELO O QUE NÓS SOMOS”, que resume o estar inserido num ambiente, em uma comunidade, convivendo com pessoas diferentes para descobrir o valor de ser único.
Segundo Lara, sua missão, com este trabalho, é mostrar o valor das especificidades, como uma grande propaganda da universidade, incentivar as pessoas a entrarem numa universidade, com o intuito de ter um ambiente com pessoas diferentes para serem moldados (no sentido amplo da palavra, ou seja, para moldar a todos) e para adquirirem valores para a vida. “Não só acredito no ensino, mas nos valores encontrados nas pessoas diferentes, o que as tornam únicas”.
Lara agradece as oportunidades que encontrou na Ufes e diz que “apesar de estar dentro universidade federal há pouco tempo, já participou de uma empresa “juniors” no Estado, ganhou um prêmio Colibri (o Oscar da publicidade do Estado)”. E tudo isso, graças ao incentivo de professores e de pessoas que acreditaram nela. “Quem entra com a mentalidade certa, para crescer e aprender, sairá com muitas oportunidades”, encerrou Lara.

A narrativa foi produzida com as ferramentas que ela tinha em mãos, com pessoas que estavam na cantina da Ufes. Portanto, são pessoas de diversas raças e cores, idades diferentes que, de fato, retrataram o que ela queria representar. Levando-se sempre em conta a importância de estudar na Universidade Federal do Espírito Santo.
O concurso é contabilizado por meio de visualizações, e será encerrado no dia 26 de fevereiro. Lara conta com o prestígio dos conterrâneos capixabas para contemplar o prêmio do Concurso Audiovisual Andifes.

Ficha

Lara Santana é estudante do 3º período do Curso de Publicidade e Propaganda da Ufes. Ganhadora do prêmio Colibri, no Espírito Santo e administra parte de seu tempo na Oficina de Atores, Abel Santana.

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *