Comportamento

Por que é tão difícil acordar cedo para trabalhar quando está frio?

Mudanças no comportamento das moscas quando a temperatura está mais fria podem ajudar a entender porque humanos sentem mais preguiça no inverno

As temperaturas caíram em grande parte do País nesta semana. Com o tempo frio do inverno, acordar de manhã para trabalhar — mesmo para quem está em home office — não é fácil. E a ciência pode ter uma possível resposta para isso.
Pesquisadores da Universidade Northwestern, nos Estados Unidos, descobriram que a espécie de inseto mosca-das-frutas tem um tipo de antena que passa informações sobre a temperatura gelada para o cérebro. Essa informação inibe os neurônios responsáveis por manter as moscas acordadas, principalmente de manhã. O que aumenta o sono (e a preguiça) na hora de acordar com o frio rangendo os dentes.
O mesmo pode acontecer com os humanos. “Ao estudar o comportamento dessas moscas, nós conseguimos entender melhor como e por que a temperatura é tão crítica para regular o sono”, afirmou o professor de neurobiologia da Faculdade de Artes e Ciências Judd A. e Marjorie Weinberg, Marco Gallio.
Nas moscas, os principais receptores de informação fazem parte de um grupo pequeno de neurônios que integram uma rede maior que controla os ritmos de atividade e sono — quando esfria, as células-alvo, que geralmente são ativadas durante a manhã, desligam. Por isso a tarefa de acordar cedo no frio se torna mais complicada.
Essa mudança ocorre quando a chamada “temperatura de zona de conforto” das moscas é alterada. Para os seres humanos, criaturas que estão acostumadas também a certos padrões de comportamento, o mesmo pode acontecer, uma vez que a temperatura ideal está intimamente ligada à indução e à manutenção do sono.
Então, da próxima vez que você sentir dificuldade em levantar da cama não se sinta mal — é puramente ciência.

Fonte: Exame

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

EnglishPortugueseSpanish