Mobilidade Tecnologia

Maior avião executivo do mundo bate recordes de velocidade

O G700, da Gulfstream, considerado o maior avião executivo do mundo, bateu dois recordes de velocidade transatlântica. No primeiro voo comercial do G700, de Savannah, na Geórgia, a Doha, no Qatar, ele se tornou o maior jato executivo do mundo a fazer o trajeto de 12.428 quilômetros (6.711 milhas náuticas), sem escalas, a 1.086 km/h (velocidade Mach 0,88), em 13 horas e 16 minutos.
Antes de retornar para Savannah, a aeronave estabeleceu o outro recorde a voar de Doha a Paris, na França, voando 5.468 quilômetros (2.953 milhas náuticas) a uma velocidade média de 1.110 km/h (Mach 0,90) por 6 horas e 15 minutos. Mark Burns, presidente da Gulfstream, disse que o voo foi “excepcionalmente bem”, observando que o G700 viajou usando uma mistura de combustível de aviação de baixas emissões (SAF).

Maior cabine da aviação executiva

Interior do G700 (Foto: Divulgação/Gulfstream)

O G700, da Gulfstream, tem um alcance máximo de 13.890 quilômetros (7.500 milhas náuticas) a 1.041 km/h (Mach 0,85). O avião equipado com dois motores Rolls-Royce Pearl 700 tem a maior cabine da aviação executiva. “A aeronave não só provou sua capacidade de velocidade e distância. A cabine totalmente equipada também está recebendo ótimas críticas por seu tamanho, ambiente, qualidade e flexibilidade impressionantes”, disse Burns.

Qatar Airways Group será o primeiro cliente
O primeiro anúncio do avião foi feito pela Gulfstream em 2019. Agora, o primeiro cliente será o Qatar Airways Group, que pagará US$ 78 milhões (cerca de R$ 403,7 milhões) pela aeronave que tem como concorrentes o Falcon 10X, da Dassault, e o Global 7500, da Bombardier.

G700 foi exibido para executivos do Catar e imprensa internacional em Doha (Foto: Divulgação/Gulfstream)

O Qatar Executive opera sete Gulfstream G650ERs e espera a entrega de mais oito nos próximos dez meses. A empresa também tem três Bombardier Global 5000s, um Global XRS e um Airbus A319CJ. “O Qatar Executive cresceu exponencialmente durante a pandemia de covid-19. A média mensal de horas de bloco reservadas cresceu 76% ano a ano e as consultas de reservas aumentaram em mais de 100%”, afirmou Akbar Al Baker, CEO do Qatar Airways Group, em um comunicado.

Fonte: Olhar Digital

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

EnglishPortugueseSpanish