Política

Presidente da Acess fala da manobra eleitoreira de Audifax e Amaro

“O que Amaro Neto discutiu com a sociedade civil organizada para querer ser prefeito da Serra?” 

Edson Quintino do Nascimento, presidente da Associação Comercial e Empresarial da Serra Sede (Acess), em entrevista, hoje pela manhã, ao jornalista Haroldo Cordeiro Filho, falou que considera uma aberração o deputado federal Amaro Neto concorrer à prefeitura da Serra com o apoio do atual prefeito.
“Fui representante comercial durante 25 anos, mas, paralelamente, sempre estudei questões humanísticas, elas sempre me chamaram a atenção. Defendo o crescimento econômico baseado no atendimento ao cidadão. Ele tem que ser a prioridade em todos os movimentos econômicos que possam ter no mundo”, disse.

O que Amaro Neto discutiu com a sociedade civil organizada para querer ser prefeito da Serra? Qual projeto ele tem para o município alinhado conosco, serranos? Só porque, debochadamente, fala da segurança pública caricaturalmente, com sensacionalismo e populismo desmedido, está achando que vai se promover politicamente aqui?
O povo tem como se informar quase em tempo real, a população serrana está vacinada e não vai acreditar em qualquer história


Para Quintino, o centro da Serra tem regredido em alguns aspectos de anos para cá, o que levou os comerciantes da região a pensar estratégias para os empresários locais. “Nos últimos anos, a Serra Sede passou por um esvaziamento, os órgãos públicos saíram daqui do centro, até o Fórum, e isso criou uma necessidade de nos organizarmos”, explica.
Segundo ele, o centro do município teve progressos consideráveis nos últimos 20 anos, porém, as coisas precisam melhorar e, para isso, é preciso avançar politicamente. É necessário fazer um resgate político do que o centro vem tendo nesses últimos seis mandatos.
“A cidade teve avanços, mas precisamos virar a página. Acredito na sociedade civil organizada. Com essa organização civil, um movimento popular forte, alinhado com um movimento empresarial igualmente forte, as coisas tendem a dar certo. Infelizmente, ainda somos obrigados a conviver com manobras políticas e uma delas, para mim, foi uma infelicidade total do Audifax. Ele foi enfático ao dizer que a cidade não tem um candidato à altura para administrá-la, o que não é verdade. Em seguida, o prefeito lança como opção o deputado federal e apresentador Amaro Neto. Sou totalmente contra essas articulações sem consultar a população. O povo serrano vai dar a resposta no momento oportuno”, acredita.

Edson Quintino recebe o jornalista Haroldo Cordeiro Filho (Foto: Haroldo Cordeiro Filho)


A despeito do apresentador popularesco, que tem a sua audiência voltada para a temática policial, Quintino lembra que o deputado não tem uma história no município. “O que Amaro Neto discutiu com a sociedade civil organizada para querer ser prefeito da Serra? Qual projeto ele tem para o município alinhado conosco, serranos? Só porque, debochadamente, fala da segurança pública caricaturalmente, com sensacionalismo e populismo desmedido, está achando que vai se promover politicamente aqui?
O que estamos vendo é uma política em cima de nome, ele tem visibilidade na mídia. O considero candidato paraquedista, oportunista, forasteiro e isso nós não admitiremos.
Está completamente enganado, vamos fazer campanha contra. O povo tem como se informar quase em tempo real, a população serrana está vacinada e não vai acreditar em qualquer história”, finalizou.

Correção: este texto corrigido hoje, às 13h

Haroldo Cordeiro

Haroldo Cordeiro

Jornalista – DRT: 0003818/ES Coordenador-geral da ONG Educar para Crescer

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

EnglishPortugueseSpanish