Tecnologia

Carreta baú refrigerada é abastecida por energia solar

A solução foi desenvolvida para mitigar os impactos das emissões no transporte de cargas

As empresas XL Fleet e eNow se uniram para desenvolver uma solução mais sustentável para as carretas baú refrigeradas e assim criaram um sistema de energia solar e baterias capazes de mitigar consideravelmente as emissões das carretas convencionais, movidas a diesel.
As carretas refrigeradas são responsáveis pelo transporte rodoviário de produtos que precisam ser mantidos a baixas temperaturas. Por dia, cada reboque refrigerado movido a diesel convencional pode chegar a usar a mesma quantidade de combustível que um caminhão de entrega. Para se ter uma ideia do impacto ambiental deste transporte, aproximadamente 50 mil novos reboques refrigerados movidos a diesel são vendidos anualmente somente nos EUA.
Com os reboques refrigerados que usam energia solar, a ideia é reduzir os custos operacionais, e, ao mesmo tempo, apoiar as metas de sustentabilidade de empresas do setor. Segundo os fabricantes, o custo total de uma carreta elétrica é mais baixo do que as unidades convencionais movidas a diesel.

Como funciona
Os painéis solares são instalados na cobertura da carreta baú; os módulos capturam a energia do sol que, em seguida, fica armazenada em baterias auxiliares de íon-lítio de alta capacidade que ficarão acomodadas sob o piso do trailer, fornecendo autonomia elétrica de, ao menos, 12 horas.
A energia gerada é utilizada para alimentar portões de elevação, sistemas de refrigeração e para transporte de cargas que necessitam o uso de energia elétrica durante a viagem. As empresas devem iniciar produzindo 1.000 unidades de carretas refrigeradas elétricas e livres de emissões a partir do primeiro semestre de 2022 para clientes em setores como alimentos, varejo, manufatura e distribuição.

Fonte: CicloVivo

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

EnglishPortugueseSpanish