Tecnologia

Robôs podem ajudar a recuperar florestas

Conheça robôs projetados para reabilitar as florestas do mundo

O estudante de design industrial Segev Kaspi conceitualiza uma equipe de engenheiros florestais robóticos para seu projeto de graduação no Shenkar College em Israel. Com funções que incluem plantio de sementes e análise de dados, os ‘druidas florestais’ são projetados para apoiar esforços de reflorestamento e manejo florestal sustentável.
Reunindo dois mundos opostos — natureza e tecnologia — o Kaspi visa estimular o debate sobre o aumento do CO₂ atmosférico e a importância de reabilitar nossas florestas, ao mesmo tempo em que propõe uma possível solução para o problema.

(Foto: Segev Kaspi)

Os engenheiros florestais robóticos operam em sistemas que variam de acordo com as necessidades da floresta e podem trabalhar individualmente ou em grupos. Cada robô recebe uma função definida no manejo e preservação da floresta.
Seus papéis e linguagem de design refletem um longo processo de estudo do trabalho dos guardas florestais na tentativa de obter uma compreensão profunda desse importante trabalho. O primeiro robô é ‘Chunk’, responsável por serrar, podar e cortar. Depois tem ‘Dixon’ que cuida do plantio e reflorestamento de mudas e mudas. Por último, mas não menos importante, é ‘Rikko’, que coleta, monitora e analisa dados da floresta. Kaspi deu vida aos três robôs conceituais por meio de desenhos, representações de computador e modelos físicos.

Confira as imagens abaixo:

(Fotos: Segev Kaspi)

Fonte: CicloVivo

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

EnglishPortugueseSpanish